Outras Notícias

paz e desenvolvimento

  • Na Escola Secundária Inês de Castro, em Canidelo, Vila Nova de Gaia, realizou-se uma importante iniciativa em torno da Paz. No átrio ficou a exposição do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) " Décadas de luta pela Paz".

    Os alunos, com alguns professores, prepararam e ofereceram belos momentos de poesia e de música. O núcleo de Gaia do CPPC distribuiu o boletim Noticias da da Paz e o Presidente da Escola, Dr. Agostinho Guedes, e Ilda Figueiredo em representação do CPPC falaram com mais de 200 alunos e diversos professores.

  • exposicao artistas pela paz faro 1 20190911 1066037171

  •  artistas pela paz universidade do algarve 1 20190921 1470603371

    Inauguração, no passado dia 1 de Setembro, da exposição “Artistas pela Paz” no átrio da reitoria da Universidade do Algarve.

    Na Universidade do Algarve (UAlg) a exposição “Artistas pela Paz”, que resulta de um projecto entre CPPC e a Peace and Art Society, contou com a parceria da Ualg e da sua biblioteca. A inauguração contou com a presença do vice reitor da Ualg Saúl de Jesus, a directora da biblioteca Dra. Salomé d`Horta, Elidia Dias da PAS e Sofia Costa do CPPC.

    A 21 de Setembro, Dia Internacional da Paz, a exposição será inaugurada, numa parceria com o Município de Loulé, em Quarteira onde estará patente ao público na Galeria da Praça do Mar, até o dia 19 de Outubro.

  • exposicao artistas pela paz 1 20190711 1571079405

  • exposicao artistas pela paz quarteira 1 20190921 1951544760

  • exposicao defender a paz contra as armas nucleares evora 1 20190921 1438084700

  • Divulgamos iniciativa que contará com a participaçãoda Presidente da Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação. Apelamos à vossa participação!

    Dia 10 de Outubro 2015, pelas 15,30 Na Casa Museu Guerra Junqueiro, integrada na Exposição Apelo à Paz- Exposição de Arte contemporânea Portugal-Japão ,Palestra com Ilda Figueiredo.

     

  • artistas pela paz 3 20180924 1787357130

    Assinalando o Dia Internacional da Paz, a Câmara Municipal de Silves apresenta no edifício dos Paços do Concelho, de 21 de setembro a 19 de outubro, a exposição “Artistas pela Paz”. De entrada livre, a iniciativa é coorganizada com o Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) e com a PAS – Peace and Art Society.

    São mais de duas dezenas os artistas que se associaram a esta mostra com trabalhos que, através da pintura, técnica mista e o desenho, tiveram como inspiração esta efeméride, proclamada pela ONU em 1981, que pretende sensibilizar as pessoas para a promoção de ações que tenham como resultado o fim dos conflitos entre povos e a paz mundial.

    De referir que a exposição coletiva “Artistas pela Paz” tem a sua inauguração marcada para o próximo dia 21 de setembro, pelas 15h00.

  • exposicao de artes plasticas pela paz contra as armas nucleares aljezur 1 20200211 1029648088

    Continuando o trabalho promovido pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) na região do Algarve, nomeadamente nas áreas da educação e cultura para a paz, irá estar patente, de 21 de Fevereiro a 14 de Março, na Galeria Espaço+, do Município de Aljezur, uma exposição de artes plásticas, sob o lema "PELA PAZ, CONTRA AS ARMAS NUCLEARES", numa parceria do CPPC, com a Peace and Art Society e o Município de Aljezur.

    75 anos depois do holocausto de Hiroxima e Nagasaki, em 1945, quando, os Estados Unidos da América lançaram duas bombas atómicas sobre as populações dessas duas cidades japonesas, causando centenas de milhares de mortos e efeitos que até hoje perduram, houve grande desenvolvimento do armamento nuclear e apenas um por cento das ogivas nucleares actuais chegaria para destruir a civilização humana.

    O desarmamento nuclear global é uma questão central na defesa da paz, para a sobrevivência da própria espécie humana e da manutenção da vida sobre a Terra como hoje a conhecemos.

  • O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) integrou a manifestação comemorativa do 1.º de Maio, promovida pela CGTP-IN em Faro. Empunhando bandeiras com a célebre pomba desenhada por Pablo Picasso para o movimento mundial da paz, os activistas do CPPC entoaram palavras de ordem pelo desarmamento, pela paz e de solidariedade com os povos.

    Antes da manifestação, no convívio no jardim da Alameda João de Deus, foram recolhidas assinaturas para a petição pela proibição das armas nucleares, e distribuidos documentos do CPPC.

  • O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) participou, no passado dia 27, na Festa da Criança organizada pelos "Pioneiros de Portugal". Na festa que decorreu no Parque Urbano das Paivas, no Seixal, o CPPC promoveu a actividade "Crianças pela Paz", onde após uma apresentação sobre a realidade quotidiana da Palestina, era sugerido que fizessem um desenho em solidariedade com as crianças desse país. Foram também distribuídos documentos do CPPC incluíndo o Notícias da Paz.

  • Realizou-se, no dia 21 de Abril, o terceiro Concerto pela Paz em Vila Nova de Gaia, no Auditório Municipal, promovido pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação, com apoio da Câmara Municipal de Gaia e da Federação das Colectividades de Gaia.

    Cerca de 300 pessoas assistiram ao Concerto, ao som da música de jovens da Fundação Conservatório Regional de Gaia, da Escola de Música de Perosinho e da Academia de Música de Vilar do Paraíso, apreciaram a dança das jovens do Ginasiano Escola de Dança e a poesia dos actores e actrizes da Ilha Mágica.

  • concerto pela paz lisboa artistas 1 20200310 1319979071

    4 DE ABRIL - 15H30 - FÓRUM LISBOA - Entrada Livre

    Helder Moutinho é um dos mais carismáticos e genuínos fadistas da atualidade.

    Intérprete, compositor e poeta, profundo conhecedor dos segredos, códigos e mistérios deste género musical, tem mais de vinte anos de carreira consagrada à herança que recebeu dos seus familiares e dos grandes mestres que se cruzaram na sua vida, tornando-o assim num Fadista de culto. Uma herança que acarinha, preserva e amplifica para um fado cada vez mais contemporâneo.

    Depois de alguns discos em que se dedicou na sua esmagadora maioria à interpretação de fados tradicionais com os seus poemas fundadores ou com novos poemas (alguns da sua autoria), aos quais sempre se juntaram algumas composições originais – Helder Moutinho edita em 2013 o álbum “1987” e afirma-se perante a critica como um dos mais importantes intérpretes do novo século. Em 2016 lança “O Manual do Coração”, em que todos os poemas são assinados por João Monge – um dos mais consagrados poetas portugueses - e a música está igualmente a cargo de alguns dos mais importantes compositores portugueses: Mário Laginha, Vitorino, João Gil, Zeca Medeiros, Manuel Paulo, Marco Oliveira, Pedro da Silva Martins ou Ricardo Parreira. Um álbum unanimemente louvado pelos amantes de fado e pela crítica, que adivinha em muitos destes novos fados... futuros fados tradicionais. Que é outra maneira de dizer: herança recebida, herança (re)transmitida.

    O que diz a Imprensa:

    “Helder dá-nos a prova maior do seu talento. A forma como dá cor às palavras, como estila, como remata as frases, tudo nele cresceu assombrosamente...”. Nuno Pacheco in Ípsilon

    “A sua voz atinge aqui momentos sublimes. Fados novos que, um dia, serão de certeza grandes fados...tradicionais”. António Pires in Time Out

    “Do primeiro ao último arrepiante segundo, é um álbum de absoluta mestria no desenho de uma sonoridade fadista que não se esforça por soar a fado (...) É o álbum de um intérprete admirável”. Gonçalo Frota in Público

  • homenagem a rui namorado rosa 1 20190314 1664181930

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu presidente e membro da Direção Nacional e é atualmente membro da sua Presidência.

    Conhecido e prestigiado cientista, investigador e professor universitário, com vasta e importante obra publicada nas áreas cientifica e de intervenção cívica, Rui Namorado Rosa é um grande ativista da paz ao longo da sua vida, com intervenção nacional e internacional na defesa da paz e na denúncia da guerra e do militarismo, tendo representado o CPPC em diversas conferências e reuniões internacionais, designadamente no âmbito do Conselho Mundial da Paz.

  • O Conselho Português para a Paz e Cooperação participou na Manifestação Nacional de Mulheres promovida pelo Movimento Democrático de Mulheres de dia 11 de Março, onde activistas do CPPC se juntaram à exigência de Igualdade, Direitos, Desenvolvimento e Paz.

  • iii edicao sons cores e palavras pela paz 1 20200303 1131240587

  • O CPPC convida todos os amigos e amigas a estarem presentes na inauguração, no Seixal, da exposição Construir a Paz com os valores de Abril, que terá lugar no dia 11 de Julho, às 18h no átrio dos Serviços Centrais da Câmara Municipal do Seixal.

     

     

  • O CPPC convida todos os amigos e amigas a estarem presentes na inauguração, em Almada, da exposição Construir a Paz com os valores de Abril, que terá lugar no dia 11 de Julho, às 17h na sala Pablo Neruda do Fórum Municipal Romeu Correia.

     

  • A inauguração, em Almada, da exposição “Construir a Paz com os Valores de Abril”, contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Joaquim Judas, de Ilda Figueiredo presidente da Direcção Nacional do CPPC, de membros do núcleo local do CPPC e outros.

    Elaborada pelo CPPC e produzida com o apoio das Câmaras Municipais de Almada e do Seixal a exposição inaugurada no passado dia 11 de Julho, pode ser visitada na Sala Pablo Neruda do Fórum Municipal Romeu Correia até o final deste mês, passando, em seguida, pelas bibliotecas municipais de Almada.