Outras Notícias

Paz

  • 21 de Setembro Dia Internacional da Paz

    Biblioteca Ary dos Santos 15h30

    No dia 21 Gustavo Carneiro, da Direcção Nacional do CPPC, promoverá uma reflexão sobre a Paz, inserida no ciclo "Reflexões", uma iniciativa da Câmara Municipal de Loures que pretende levar os jovens, das escolas secundárias, a refletir e a debater assuntos prementes da sociedade, fortalecendo a sua consciência cultural e pensamento crítico.

  • ciclo cinema pela paz 2 20180801 1005252536

  • ciclo cinema pela paz o pianista 1 20180828 1046998136

  • ciclo cinema pela paz 1 20180801 1521265430

  • No próximo dia 13 de Março tem inicio o ciclo "Cinema e Paz", na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, na primeira sessão será projectado o filme "Poeticamente Exausto, Verticalmente Só", da realizadora Luísa Marinho que estará presente.

     

  • reuniao das organizacoes membro do conselho mundial da paz cmp da regiao europa 1 20180704 1296257555

    Divulgamos texto aprovado pela reunião de organizações membro do Conselho Mundial da Paz realizada, em Londres, no passado dia 26 de Maio.

    Apelo
    Sim à Paz! Não à NATO!
    Não à Cimeira 2018 da NATO em Bruxelas

    Apelamos a todas as organizações e activistas na Europa que defendem a causa da Paz, que promovam acções contra a NATO e a sua cimeira em Bruxelas, pela dissolução deste bloco político-militar e pela luta de cada povo dentro de cada estado membro da NATO para a retirada desta organização militar.
    Sabemos que a NATO já existe há quase 70 anos, e que durante todo este período a NATO continuou a aumentar os seus membros, alargando a sua esfera de influência, a sua agressão e imposições aos povos.

  • O Núcleo do Porto do Conselho Português para a Paz e Cooperação realizou ontem o debate “Da Ucrânia ao Médio Oriente, a luta pela Paz”, com a participação de Luís Carapinha, especialista em assuntos internacionais, e Ilda Figueiredo, presidente da Direcção Nacional do CPPC. A iniciativa, que contou com cerca de meia centena de participantes, foi um importante momento de análise e discussão da situação internacional, em particular no leste da Europa e no Médio Oriente, e de reforço da luta pela Paz.
     
  •  

    Realizou-se ontem, no Clube dos Fenianos Portuenses, no Porto, o colóquio "A situação internacional e a luta pela paz", promovido pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação. A iniciativa contou contou com a participação de José António Gomes, Luís Humberto Marcos, Vítor Pinto Basto e Ilda Figueiredo. Estiveram presentes cerca de 60 pessoas.

    Leia algumas das intervenções:

  • O CPPC participou, no passado dia 16 de Setembro num debate que se seguiu à exibição do filme "War: 7 billion Others" (Goodplanet Foundation), no Auditório da Biblioteca Municipal de Oeiras. A sessão inseria-se nas comemorações do Dia Internacional da Paz, promovidas pela biblioteca em conjunto com a Plataforma Portuguesa de ONGD.

     

  • Intervenção de Ilda Figueiredo:

    Estimados Companheiros e Companheiras,

    Em nome do Conselho Português para a Paz e Cooperação dirijo uma saudação calorosa a todos os que vieram até aqui, a este Concerto pela Paz.

    Sabemos que o fizeram porque são amantes da Paz e estão preocupados com as ameaças à Paz em muitas regiões do mundo.

  • Ana Sousa - Viola da Gamba, flauta de bisel e voz
    Joana Guiné - Clarinete, flauta de bisel e voz
    Stela Silva - Guitarra, cavaquinho e voz

    A mais recente girls band trad!

    Unem-se numa noite fria de Dezembro, e de uma partilha quente de histórias culmina um grande B'rbicacho. B'rbicacho para aqui, B'rbicacho para acolá, e nasce a cumplicidade e a amizade que se transparece na música. Como juntar uma viola da gamba, um clarinete, uma guitarra e três vozes femininas?

    Partindo da época medieval e viajando até ao presente, passando sobretudo pela música de raiz lusófona, as B'rbicacho propõem-vos um repertório para baile, que inclui desde danças medievais, repasseados transmontanos, até chorinho brasileiro.

    www.facebook.com/brbicacho

  •  

    Clave de Lua

    Diz-se que a guitarra portuguesa é um instrumento solista, não no sentido de dispensar acompanhamento, mas sim no de estar vocacionado para "cantar" a melodia ; mas também tem capacidades como instrumento acompanhador.

    A guitarra steel-string é mais versátil pois, além das possibilidades que tem como acompanhadora, foi pensada para solar (nos dois sentidos do termo); além disso, é um belo instrumento rítmico.

    Por tradição, os baixos, de sopro ou de cordas, são instrumentos de suporte e marcação; mas o baixo eléctrico, surgido em meados do século passado, é outra coisa: afina como um contrabaixo mas é mais ágil, pode solar e, mesmo, fazer acordes.