Outras Notícias

Palestra e Exposição sobre o Saara Ocidental | Valadares

palestra e exposicao sobre o saara ocidental 1 20191212 1833383677

Na passado dia 5 de dezembro, realizou-se uma palestra na biblioteca da Escola Secundária Joaquim Gomes Ferreira Alves, em Valadares, Vila Nova de Gaia onde estava uma exposição enviada pela Fundação José Saramago, integrada no projeto "Uma biblioteca no deserto" em que o CPPC também participa.

Na palestra, onde participaram dezenas de jovens e alguns professores, Ilda Figueiredo, presidente da DN do CPPC, falou sobre a luta do povo saraui e o seu direito à autodeterminação e independência, referindo quer a autêntica colonização que Marrocos mantém nos territórios da Republica Árabe Saraui Democrática, incluindo a construção do muro e as prisões de patriotas sarauis, quer a situação dos refugiados nos acampamentos na Argélia.

Foram referidas algumas ações que o CPPC tem realizado na defesa dos direitos do povo saraui, do cumprimento das resoluções da ONU e da posição do artigo 7º da CRP, o que implica que as autoridades portuguesas exijam também o seu cumprimento pondo fim à colonização que Marrocos prossegue.

Apresentação do livro do Encontro pela Paz

lancamento do livro encontro pela paz 1 20191212 1249431146

Na próxima quarta-feira, 11 de Dezembro, pelas 12 horas, na Casa da Paz, rua Rodrigo da Fonseca, 56, 2º, em Lisboa, as organizações e instituições que prepararam o Encontro pela Paz, realizado em 20 de Outubro de 2018, em Loures, irão apresentar o livro que reúne materiais e intervenções dessa importante iniciativa que envolveu mais de 700 pessoas e de 50 organizações.

Teremos o maior gosto que se juntem a nós nesta apresentação.

Saudações de paz.

Pela Paz, todos não somos demais.

Inauguração do Espaço da Paz em Gaia

 inauguracao do espaco da paz em gaia 1 20191108 1600323724

A inauguração do Espaço da Paz em Gaia, no passado dia 6 de novembro, em instalações cedidas pela Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia para sede local do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), foi um momento importante partilhado com muitos artistas que participaram na exposição de obras de arte " Paz e refugiados" que o CPPC organizou em colaboração com a 3ª Bienal Internacional de Arte Gaia 2019.
No novo espaço, em que também se apresentou a exposição do CPPC sobre "A Paz e os valores de Abril", que ficou exposta no local, a presidente da DN do CPPC recordou alguns momentos da luta pela paz, incluindo da história do CPPC e dos seus objetivos, e anunciou algumas das atividades já previstas. Conjuntamente com Agostinho Santos, diretor da Bienal Internacional de Arte de Gaia, foi apresentado o livro " Artistas pela Paz e refugiados", uma lindíssima publicação, com design de Humberto Nelson, que, além do tema da paz, inclui imagens de obras de 49 artistas que integraram a já referida exposição "Paz e refugiados". Foi um grande momento, que contou com Paula Carvalhal, vereadora da Cultura da CM de Gaia e imensos artistas plásticos, incluindo o escultor Zulmiro de Carvalho, artista homenageado naquela Bienal.

Concerto pela Paz | Matosinhos | 2019

concerto pela paz matosinhos 2019 1 20191130 1221962617

O Concerto pela Paz, promovido pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), no dia 24 de novembro, com o apoio da Câmara Municipal de Matosinhos, do Teatro Municipal Constantino Nery e das várias organizações e artistas que solidariamente aceitaram participar, esgotou a sala e foi um momento importante de proclamar a uma só voz “ Paz sim! Guerra Não!” e manifestar a solidariedade com povos em luta pelo seu direito soberano de escolher o seu caminho de progresso social e de paz.

Pelo palco passaram e brilharam muitos agrupamentos de Matosinhos – o grupo Jimi & The Carpets do rock alternativo. A a Academia de Dança de Matosinhos com o seu bailado “De Lugar Nenhum” a alertar os jovens para a maior crise humanitária desde a 2ª Guerra Mundial – a crise dos refugiados. O Ensemble de Sopros e Percussão da Escola de Música Óscar da Silva" e o Órfeão de Matosinhos, todos a darem um importante contributo para a promoção da paz, e a Banda de Matosinhos-Leça a encerrar de modo brilhante este primeiro Concerto pela Paz em Matosinhos que foi apresentado pela jovem Luísa Pina.

Na sua intervenção, Ilda Figueiredo, presidente da Direção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação, depois de agradecer a generosidade dos grupos e artistas que participaram e a colaboração e apoio da CM de Matosinhos, dos técnicos do Teatro Constantino Nery e de todos os amigos da paz que ali estavam presentes salientou a importância da defesa da paz, referiu-se ao apelo do Papa Francisco para a eliminação das armas nucleares e anunciou que o CPPC vai lançar nova petição para que Portugal assine e ratifique o Tratado de Proibição das Armas Nucleares (ver base da intervenção).

Por sua vez, a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos também agradeceu a organização e participação de todos no Concerto pela Paz, referiu-se à sua importância na promoção da paz e mostrou a disponibilidade do município no apoio a atividades no âmbito da cultura da paz e da educação para a paz.

No encerramento, Luisa Pina agradeceu e afirmou que pela Paz, todos não somos demais

Importantes iniciativas do CPPC no Algarve

importantes iniciativas do cppc no algarve 3 20191108 1441765580

Nos dias 30 e 31 de outubro realizaram-se, no Algarve, importantes iniciativas do CPPC na área da educação para a paz, com debates muito participados em duas escolas de Faro (ES Tomás Cabreira e EB23 dr. Joaquim de Magalhães) e ES de Loulé onde se conversou com alunos e professores sobre a importância da luta pela paz, explicando os objetivos do CPPC e os seus princípios baseados no artigo 7º da Constituição da República Portuguesa.
Foram dados alguns exemplos antigos e atuais, incluindo a importância da revolução de Abril, a luta contra o fascismo, o colonialismo e o nazi-fascismo, a defesa do desarmamento nuclear e das alternativas à guerra e ao militarismo, dando particular importância à cooperação e à solidariedade na defesa do direito soberano dos povos escolherem o seu caminho de progresso social e de paz.

Ler mais...