Outras Notícias

  • Faleceu Carlos do Carmo 04-01-2021

    Ao tomar conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo, personalidade ímpar da cultura portuguesa, da música, um dos maiores intérpretes do fado, democrata e...

  • CPPC homenageia Rui Namorado Rosa e 70 anos de luta pela paz 17-03-2019

    O CPPC homenageou Rui Namorado Rosa, membro da sua Presidência e que durante anos assumiu as funções de presidente e vice-presidente da direcção nacional. A...

  • Faleceu Armando Caldas 13-03-2019

    Hoje, 13 de Março de 2019, o encenador e actor, membro da Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), Armando Caldas, deixou-nos. Com um...

  • Homenagem a Rui Namorado Rosa 11-03-2019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu...

  • Falecimento de Vítor Silva 08-08-2018

    A Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) lamenta informar do falecimento de Vítor Silva, ocorrido na madrugada de hoje. Membro do...

FacebookTwitterRSS Feed

Divulgamos mensagem da Presidente do Conselho Mundial da Paz enviada no quadro do assinalar dos 40 anos da formalização legal do CPPC.

"Estimados companheiros e amigos do Conselho Português para a Paz e Cooperação,
Estimada amiga Ilda Figueiredo, presidenta da Direção Nacional do CPPC,

É com alegria que os saudamos e os acompanhamos na comemoração dos 40 anos desde a formalização legal do CPPC. Este é um momento de reafirmação das nossas lutas conjuntas, construídas sobre larga história de determinação, em que os nossos amigos portugueses têm uma bela e inspiradora trajetória.

Mesmo em resistência contra a ditadura e o fascismo em Portugal, o CPPC construiu um movimento sólido de luta pela paz e a justiça, por um mundo livre e de solidariedade entre os povos
, em conjunto com as forças democráticas que continuam nos inspirando. O CPPC trabalha também com empenho na consolidação do nosso movimento internacional de luta anti-imperialista, o Conselho Mundial da Paz (CMP), exercendo papel extremamente importante no seu fortalecimento.

Na luta contra o colonialismo e a opressão dos povos, pela dissolução da máquina de guerra imperialista, pelo desarmamento e por outras causas justas e comuns entre nós, o valente povo português desafiou a repressão e enfrentou a tortura e a perseguição na defesa dos seus ideais de paz e justiça, pelo que prestamos a nossa homenagem.

Hoje, seguimos juntos nas mesmas lutas, arregimentando as massas e construindo um movimento internacional de defesa da paz e da soberania das nações, da dignidade e da liberdade dos povos. Manifestamos, neste sentido, a nossa solidariedade ao povo português no enfrentamento e na resistência às políticas europeias de austeridade e na luta por uma saída justa e digna da crise imposta, defendendo os direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras.

Nossos desejos de fortalecimento na luta e de paz,
Saudações fraternais,

Socorro Gomes
Presidenta do CMP"