Outras Notícias

  • Faleceu Carlos do Carmo 04-01-2021

    Ao tomar conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo, personalidade ímpar da cultura portuguesa, da música, um dos maiores intérpretes do fado, democrata e...

  • CPPC homenageia Rui Namorado Rosa e 70 anos de luta pela paz 17-03-2019

    O CPPC homenageou Rui Namorado Rosa, membro da sua Presidência e que durante anos assumiu as funções de presidente e vice-presidente da direcção nacional. A...

  • Faleceu Armando Caldas 13-03-2019

    Hoje, 13 de Março de 2019, o encenador e actor, membro da Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), Armando Caldas, deixou-nos. Com um...

  • Homenagem a Rui Namorado Rosa 11-03-2019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu...

  • Falecimento de Vítor Silva 08-08-2018

    A Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) lamenta informar do falecimento de Vítor Silva, ocorrido na madrugada de hoje. Membro do...

 

Em nota emitida hoje, dia 10 de Agosto, o Secretariado do Conselho Mundial da Paz (CMP) assinala o Dia Internacional de Solidariedade com as Vítimas do Agente Laranja.

O CMP sublinha que 54 anos passados sobre o início da guerra dos EUA contra o povo do Vietname, se mantém a necessidade de uma compensação global e abrangente das vítimas da arma química "Agente Laranja". Arma extensamente utilizada pelos EUA que nunca assumiram a sua responsabilidade pelos seus efeitos, perante o heroico povo vietnamita.

Passados 40 anos da vitória vietnamita, são ainda visíveis os efeitos da utilização norte-americana desta arma química, em milhares de crianças que nascem com deficiências mentais e físicas, nos problemas de saúde dos habitantes de zonas contaminadas e nos danos ambientais.

O CMP expressa a sua total solidariedade com o povo vietnamita e em particular com a Associação das Vítimas do Agente Laranja, exigindo que a administração norte-americana assuma a sua responsabilidade e tome os passos necessários para compensar as vítimas.

O CMP termina apelando à solidariedade de todos os seus membros e amigos para que mantenham viva a luta por esta justa causa do povo vietnamita.