Outras Notícias

Conselho Mundial da Paz exige a 
libertação dos “5 Cubanos” detidos nos EUA
 
O Conselho Mundial da Paz (CMP) faz sua a voz dos milhões de pessoas que por todo o mundo exigem a libertação dos restantes 4 presos políticos cubanos detido nas prisões norte-americanas. 
Há 15 anos acusações falsas e arbitrárias, dos EUA e suas forças de segurança, levaram os 5 patriotas cubanos a uma prisão desumana, privando-os frequentemente até de visitas das suas famílias. 
 
O CMP exige a imediata e incondicional libertação de Ramón, Gerardo, Fernando e Antonio, vítimas de actos de vingança da administração norte-americana, que há mais de 50 anos, não consegue aceitar, o facto do povo cubano ter escolhido um caminho de desenvolvimento diferente, o da revolução. 
 
A detenção e aprisionamento dos “5 Cubanos” em 1998, e de 4 deles, até os dias de hoje, tem motivos puramente políticos e ideológicos. Constitui ainda um acto cínico e hipócrita, uma vez que a administração norte-americana está, alegadamente, a desenvolver uma “guerra contra o terrorismo”, ao mesmo tempo que aloja e dá cobertura a grupos terroristas em Miami que foram denunciados pelos “5 Cubanos”. 
 
O CMP expressa a sua solidariedade para com os 5 heróis cubanos, às suas famílias e ao povo cubano. O CMP está de forma resoluta ao lado de Cuba Socialista, da sua Revolução e da sua liderança.
 
Liberdade para os 5 Cubanos – Solidariedade com Cuba Socialista 
 
12 de Setembro de 2013
 
O Secretariado do CMP