Outras Notícias

Ilda Figueiredo, presidente da direcção do CPPC, participa amanhã, dia 10 de Janeiro, numa conferência no Parlamento Europeu sobre o Tratado das Nações Unidas de Proibição de Armas Nucleares.
A iniciativa é promovida pelo Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Verde Nórdica e propõe-se debater num primeiro painel a importância e contributo deste Tratado para construir a paz e, num segundo painel, a acção pela sua ratificação nos diferentes países – com diversas intervenções de organizações do movimento pela paz que foram convidadas.

Ilda Figueiredo participa no segundo painel e dará a conhecer a experiência e acção do CPPC em Portugal em prol da abolição das armas nucleares, incluindo a petição dirigida às autoridades portuguesas que lançou no Dia Internacional para a Eliminação Total das Armas Nucleares, dia 26 de Setembro, «Pela assinatura por parte de Portugal do Tratado de Proibição de Armas Nucleares - Pela paz, pela segurança, pelo futuro da Humanidade!» e que continua a angariar assinaturas pelo país (http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=nao-armas-nucleares).

São ainda oradores nesta importante Conferência Socorro Gomes, presidente do Conselho Mundial da Paz, a Campanha Internacional pela Abolição das Armas Nucleares (ICAN, na sigla inglesa), organização a quem foi atribuído o Prémio Nobel da Paz em 2017, membros de diversos movimentos pela paz e pelo desarmamento e deputados do Parlamento Europeu de vários países, entre os quais João Pimenta Lopes, deputado do PCP, que integra o Grupo parlamentar que promove a iniciativa.